Enquete

  01) Conheço o papel do juiz leigo e acho muito importante;

  02) Gostaria de ter mais informações sobre o assunto;

  03) Ainda não conheço.

Fechar
Enquetes anteriores

Poder Judiciário de Mato Grosso

Notícias

06.12.2018 17:22

Juízes e assessores são capacitados sobre PJe 2.0
Compartilhe
Tamanho do texto:
A Escola dos Servidores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso recepcionou assessores e magistrados do interior para a capacitação sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJe 2.0). A ação é voltada para as comarcas de varas únicas cíveis e incluem as atualizações feitas no último mês de setembro, quando a versão foi atualizada em todo o Estado.
 
O instrutor do PJe, Rosivaldo Rodrigues, explicou que a capacitação é de suma importância para o uso adequado das ferramentas. “O pessoal recebeu muito bem o PJe 2.0 e eu tenho feito pesquisas entre os usuários e eles tem me reportado positivamente a plataforma. Fluxos mais maleáveis, menos dificuldades para o uso entre os magistrados e servidores. A turma está bem dinâmica e estão dispostos a procurar o DAPI para sugerir mais melhorias e aperfeiçoamentos”, pontuou.
 
Para o juiz da comarca de Nova Monte Verde (968 km a norte de Cuiabá), Bruno Cesar França, o sistema precisa de alguns aperfeiçoamentos, mas destacou a importância do curso para atualizar os operadores do sistema. “O curso é bastante interessante, pois estamos tomando conhecimento das inovações, das modificações da plataforma e o que temos visto que houve um avanço considerável em relação as versões anteriores. Hoje o PJe está mais prático de ser usado e mais intuitivo. Além disso, há também a velocidade para o uso da plataforma e isso dá um impacto real e significativo na prestação jurisdicional”, argumentou.
 
Além dele, o assessor de Colniza (1065 km a noroeste de Cuiabá), Fernando Murilo Machado, relembrou que a troca de experiência é muito importante para o bom funcionamento do Poder Judiciário. “Essa é mais uma oportunidade que o TJMT está nos dando para tirar e sanar todas as nossas dúvidas. Com essa capacitação depois das mudanças que o PJe teve recentemente, está sendo possível troca de experiências para podermos trabalhar mais adequadamente. O instrutor dá algumas dicas e isso nós ajudará no dia a dia”, comentou.
 
Ulisses Lalio / Fotos: Adilson Cunha
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409