Enquete

  01) Conheço e apoio a iniciativa;

  02) Gostaria de mais informações;

  03) Ainda não conheço.

Fechar
Enquetes anteriores

Poder Judiciário de Mato Grosso

Notícias

06.07.2017 08:35

Cuiabá sediará Conbrascom em 2018
Compartilhe
Tamanho do texto:
Cuiabá, capital de Mato Grosso, foi a cidade escolhida pelos participantes do Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom) para sediar a próxima edição do evento, que será realizada em junho de 2018. “Foi com grande satisfação que recebemos o apoio dos participantes do congresso para levarmos esse importante fórum de discussões para a nossa cidade. Essa foi a terceira vez que participo do Conbrascom e desde a primeira vez já pensamos na possibilidade de trazê-lo para a capital mato-grossense”, ressalta o coordenador de Comunicação Social do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Ranniery Queiroz.
 
Segundo o coordenador, o Conbrascom é importante para fortalecer o setor de comunicação dentro das instituições que compõem o sistema de justiça. “A troca de experiências e boas práticas é muito significativa. Temos acesso a importantes cases de sucesso de outros tribunais e órgãos e, ao mesmo tempo, podemos mostras as experiências desenvolvidas aqui, a exemplo da campanha da Selfie Premiada, que venceu na categoria júri popular no ano passado, e do catálogo Coleção de Artes, que concorreu na categoria publicação especial este ano”, salienta o jornalista.
 
O anúncio da capital que sediará o evento em 2018 foi feito na última sexta-feira (30 de junho) na cidade de Maceió (Alagoas), que recebeu o congresso neste ano. O encontro ocorreu entre os dias 28 e 30 de junho e reuniu mais de 200 participantes de todo o país. Assessores de comunicação de Tribunais de Justiça, Tribunais Regionais do Trabalho, Corregedorias e demais órgãos integrantes do sistema de Justiça trocaram experiências e debateram propostas para ampliar o papel da comunicação dentro das instituições.
 
Para 2018, o coordenador de comunicação do TJMT enfatiza a importância da parceria entre todas as instituições locais, como o TRT da 23ª Região, Tribunal Regional Eleitoral, Justiça Federal, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública, OAB/MT e Tribunal de Contas, para o êxito do evento em Cuiabá. “Todos serão convidados a participar como anfitriões do XIV Conbrascom. Nosso grande desafio, além de trabalhar com foco na transparência preconizada pelo Conselho Nacional de Justiça, será realizar um evento sustentável, também do ponto de vista econômico. Queremos reduzir os custos, mas sem perder de vista a qualidade conquistada por esse encontro nos últimos anos”.
 
Carta de Alagoas
 
O XIII Conbrascom terminou com a apresentação da Carta de Maceió, que trouxe propostas para se pensar a comunicação no sistema de justiça. A elaboração de uma nova resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a área, a desvinculação dos serviços de cerimonial e de comunicação e a criação de uma política de comunicação para o sistema de justiça são algumas das propostas presentes no documento, que ficará disponível no site do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ) e deverá ser entregue aos presidentes dos Tribunais e demais órgãos, além do CNJ.
 
Em Cuiabá, a XIV edição do congresso deverá ocorrer nos dias 20, 21 e 22 de junho.
 
 
Lígia Saito (com informações do TJAL)
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409