Enquete

  Já estou sabendo e aprovei a iniciativa

  Gostaria de mais informações

  Não conheço

Fechar
Enquetes anteriores

Poder Judiciário de Mato Grosso

Notícias

31.10.2017 10:34

Gestão de processos de trabalho é tema de curso
Compartilhe
Tamanho do texto:
A Coordenadoria de Planejamento (Coplan) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso deu início nesta segunda-feira (30 de outubro) a uma série de capacitações com foco na gestão de processos de trabalho, baseada no sistema BPM (Business Process Management), que envolverão servidores de diversas áreas da instituição. Em 2017, estão previstas três turmas e em 2018, outras nove.
 
Nesta primeira edição do workshop, sob responsabilidade da equipe do Escritório de Processos da Coplan, participam servidores das coordenadorias de Recursos Humanos, Tecnologia da Informação, Controle Interno e da Diretoria-Geral. A capacitação segue até esta terça-feira (31 de outubro), na Escola dos Servidores. Ministram o curso as servidoras Marcia Regina Buhr, Renata Guimarães Bueno Pereira, Cássia Cristina Costa Vilella e Valéria Cristina Pinto Ferraz.
 
Baseada no sistema BPM, que significa Gestão de Processos de Negócio, a nova metodologia de gestão de processos foi desenvolvida a partir de capacitações realizadas pelas servidoras do Escritório de Processos, em conjunto com a consultoria Falconi e também em treinamentos externos.
  
A metodologia que começou a ser repassada aos servidores se aplica a qualquer processo de trabalho de todos os setores do Poder Judiciário. O procedimento é planejar uma ação, executar o que foi planejado, controlar a execução e, se encontrar desvios, executar ações corretivas. Esta dinâmica forma o método conhecido na administração como PDCA – sigla em inglês para Plan – Do – Check – Act – e também será compartilhada no workshop.
 
Segundo a assessora de Planejamento Cássia Vilella, os participantes vão conhecer como as servidoras trabalham dentro do Escritório de Processos. “A nossa visão é de disseminar o conhecimento, de fazer com que tenhamos pessoas nas áreas que tenham o mesmo conhecimento que nós temos. Fomos capacitados durante esse último ano e hoje já sabemos como funciona a BPM, que é a ferramenta de gerenciamento de processos, então a gente quer passar essa visão para os nossos colegas para que eles também consigam inserir isso dentro de cada uma das áreas”, assinala.
 
A servidora explica que a BPM é uma ferramenta gerencial, que possui metodologias e ensina a forma de desenvolver um processo de trabalho. “Ela ensina como que a gente consegue fazer com que o nosso processo, que já estamos trabalhando há muito tempo, seja melhorado. Analisamos quais são as premissas que existem dentro dessa área, dentro desse processo de trabalho, quais são os nossos problemas e buscamos a melhoria dele. Temos um plano de implantação, com várias atividades, e os indicadores de acompanhamento. Esses indicadores nos mostram se a gente está no caminho certo ou não. É um ciclo. A gente analisa, projeta melhorias, implanta, acompanha e monitora, para que no final consiga trazer um produto melhor”.
 
Participando do workshop, o coordenador de Recursos Humanos do TJMT, Lusanil Egues da Cruz, salienta que a gestão de processos de trabalho é imprescindível na execução das atividades do setor. “Ela otimiza, aprimora e dá mais celeridade aos serviços. É importante que todos tenham conhecimento dessa forma de trabalhar porque além de você ter a adequada entrega da prestação jurisdicional ou do serviço, você ganha mais tempo e também mais qualidade de vida”, pontua.
 
Ainda segundo o coordenador, em um setor com os processos de trabalho organizado, os resultados aparecem. “Temos uma instituição mais célere, eficiente, eficaz e organizada, visando sempre à qualidade de vida dos nossos servidores. Quando você trabalha de forma organizada, você tem como fazer a entrega de forma mais célere e ainda sobre mais tempo para você, sem falar na satisfação quando você entrega um bom resultado para a instituição. Os servidores têm que ter em mente que nós temos que trabalhar sempre em busca de bons resultados. A gente já vem executando isso e vamos aprimorar os trabalhos para cada vez mais para, quiçá, exercer um trabalho de excelência em breve”.
 
 
Lígia Saito/Fotos: Otmar de Oliveira (F5)
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409