Enquete

  01 - Conheço, já peguei minha muda nas ações do projeto;

  02 - Não conheço, mas gostaria de plantar minha árvore;

  03 - Ainda não, mas quero saber o cronograma de plantio e distribuição de mudas.

Fechar
Enquetes anteriores

Poder Judiciário de Mato Grosso

Notícias

12.08.2019 13:02

Corrida de Rua do Judiciário movimenta o Centro Político no Dia dos Pais
Compartilhe
Tamanho do texto:
 
Alegria, descontração, foco, confraternização e muita determinação. Estes foram os ingredientes que fizeram parte das declarações de muitas pessoas que participaram da 5ª Corrida de Rua do Judiciário, realizada domingo (11 de agosto), no Centro Político Administrativo (CPA).
 
De camiseta verde claro, com o número da inscrição, e com o chip no tênis, que marca a largada e a chegada, lá foram eles e elas: as Marias, Paulas, Otávios, Josés, Pedros, Cátias, Pablos, Tatianes, Karinas, Emersons, Henriques, e tantos outros, quase 600 corredores, que estavam com pensamentos e as vontades pessoais, seja na esperança de fazer a melhor marca, testar o percurso, ou simplesmente se exercitar nos cinco quilômetros que marcam a Corrida do Judiciário.
 
“Estou aqui desde a primeira edição, e também faço outras corridas na cidade. Corro há mais de quarenta anos, e corro em busca de saúde, conhecimento e amizade. Faço isso porque sou feliz, e porque quero viver com tranquilidade”, diz Maria do Carmo Ferreira, 81 anos, a atleta mais idosa da corrida. A baiana, que é dona de casa e mora em Cuiabá há 38 anos, assegura que o exercício físico mudou a vida dela. O mineiro Cedil Pereira Lima, de 94 anos, a exemplo da dona Maria, não perde uma corrida. Ele é considerado nesses eventos de rua da Capital como ‘figurinha carimbada’. E seo Cedil tem no currículo outras marcas: ele já correu em Goiás, Rondônia e, até além-mar, em Roma, na Itália.
 
O policial militar Renato Carneiro Macedo, além de ser um amante do esporte, está fazendo história: o filho de 12 anos, Gabriel Onishi Macedo, está seguindo os caminhos do pai e está se ‘especializando’ em percursos de cinco quilômetros. “O ambiente de corrida estimula a prática esportiva, e como meu filho já está correndo há mais de um ano comigo fica melhor ainda”, assinala o policial, destacando que a corrida no Dia dos Pais tem um sabor especial por contar com a companhia do filho.
 
“Estou estreando, e muito feliz por estar aqui, justamente porque temos que nos preocupar com a saúde. Este ano caminhei, e consegui fazer o trajeto. Muito bom participar”, frisou a vice-diretora-geral do TJ, Cátia Valéria Maciel de Arruda. “Temos que nos preocupar sempre com a saúde, porque é o nosso pilar da vida”, completou o coordenador de Recursos Humanos, do TJ, Lusanil Egues da Cruz, ressaltando que a equipe do Bem Viver está de parabéns pela corrida.
 
O percurso da competição é definido e autorizado pela Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT), que comanda a prova. A largada e a chegada foram em frente à sede do Judiciário, passando em frente ao Fórum da Capital até a rua de acesso ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) retornando pelo mesmo trecho.
 
E, com a marca de 16’24”, o vencedor masculino, na categoria geral, foi João Luís Ferreira Prado Filho. “Gostei do caminho. É a primeira vez que faço essa corrida, e, com certeza, está aprovada”, pontou o atleta. O segundo lugar ficou com Mayk Caique Santana Honorato Neves e o terceiro com Alexandre da Costa Bispo. No feminino, a campeã foi Elaine de Paula Vieira com o tempo de 21’54”. Adalvane Camila Notte Lourenço e Enigleice a Silva Santos chegaram na segunda e terceira colocações, respectivamente.
 
Na categoria servidor feminino a vitoriosa foi Tatiane Bussiki, com a marca de 21’36”, seguida por Raquel Pereira Monteiro e Karina Oliveira Miranda, respectivamente, no segundo e terceiro lugares. E no masculino, Heider Diogo Matos de Oliveira conquistou a vitória com o tempo de 19’48”. Elvis Farias chegou em segundo e o juiz Luís Otávio Pereira Marques em terceiro. “Muito feliz, apesar de cansado”, assinalou Heider, que atua no Departamento de Sistemas e Aplicações, da Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI), do TJ. Ele corre desde 2014, e já fez maratonas em São Paulo, Chile e Argentina.
 
“A corrida foi um sucesso, e todos estão de parabéns. A missão agora é se preparar para a sexta edição que é um dos nossos eventos públicos, que passou a integrar o calendário esportivo mato-grossense”, comemorou Cláudia Marcondes, líder do Bem Viver.
 
Para o presidente do Tribunal de Justiça, Carlos Alberto Alves da Rocha, é uma satisfação promover a corrida, justamente porque é mais uma forma que o Judiciário encontra para estar mais próximo à população. “A corrida é um trabalho belíssimo que o Programa Bem Viver realiza para destacar a importância do exercício físico para a saúde e como instrumento de assistência social, porque os alimentos não perecíveis arrecadados e os que serão comprados, com o valor da inscrição dos participantes, serão destinados a instituições de caridade”, avalia o desembargador.
 
Veja mais fotos em nosso Flickr. Clique AQUI.
 
 
Álvaro Marinho
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409