Enquete
Fechar
Enquetes anteriores

Poder Judiciário de Mato Grosso

Notícias

13.01.2020 14:18

Portal do Mediador garante agilidade, sustentabilidade e transparência às atividades
Compartilhe
Tamanho do texto:
 Praticidade, economia, sustentabilidade são alguns dos ganhos obtidos com a implantação da plataforma eletrônica de gerenciamento de atividades relacionadas a mediação. O Portal do Mediador, implantado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) vai permitir maior praticidade e agilidade aos mediadores da Justiça. Em todo estado são 373 mediadores certificados pela Justiça estadual.
 
Criado para facilitar a certificação dos profissionais, checagem de documentos e a inserção de informações sobre todo o trabalho desenvolvido pelos mediadores, a inovação tecnológica é mais um ganho tempo, trabalho, dinheiro e, inclusive para o meio ambiente, já que os mediadores utilizavam pelo menos 80 folhas de papel para protocolar toda documentação como certificados, atas de audiências e documentos pessoais.
 
Alinhando os serviços prestados à tecnologia, um dos objetivos do portal é dar celeridade e diminuir o trabalho, tanto do colaborador quanto das empresas parceiras que fazem termos de parceria e de cooperação técnica, escolas credenciadas, Câmaras Privadas e principalmente o cidadão.
 
Antes, os mediadores tinham que protocolar de forma física os documentos para conseguir a validação do certificado e para isso era preciso ter a assinatura física do juiz e da coordenação do Nupemec. Com a instalação do portal do Mediador, o processo tem início de forma eletrônica e finaliza dessa mesma forma, com todos os documentos ali inseridos, inclusive o certificado de mediação.
 
A presidente do Nupemec, desembargadora Clarice Claudino da Silva destaca a otimização e uniformização obtida com o Portal do Mediador, mais um recurso que passa a auxiliar os trabalhos em todas as comarcas do Estado. Segundo a magistrada, ferramentas como essa dão norte mais seguro para quem está executando o trabalho. O Portal foi uma sacada genial para dar visibilidade sobre tudo o que os mediadores fazem. Está ali, concentrado naquele portal, todo o passo-a-passo que eles fazem, fizeram e deverão fazer e isso facilita muito, tanto para quem está no dia a dia como também para quem está gerenciando”, comentou a magistrada.
 
A juíza coordenadora do Nupemec, Cristiane Padim afirma que essa é uma ferramenta muito importante para que mediadores tenham acesso a todos os dados, estruturando o trabalho desses profissionais que atuam nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), melhorando, inclusive, a transparência.
 
“Esse portal facilita e muito tanto o trabalho dos Cejuscs quanto dos mediadores e conciliadores que já estão certificados. Além da celeridade que ganhamos com isso, autonomia dos mediadores e conciliadores, inclusão maior e a sustentabilidade porque com isso a gente reduz consideravelmente os custos principalmente com papel, impressão, a rapidez, agilidade, muito eficiente e a gente fica muito feliz com isso.”
 
O Portal do Mediador foi desenvolvido pelo Departamento de Sistemas e Aplicação da Coordenadoria de Informação do TJMT.
 
Confira AQUI o Portal do Mediador.
 
Dani Cunha
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409